Hitchcock

Olá!

Para começar a semana, que tal uma sugestão de programinha?

Domingo foi dia de cão! Acordei 6:30 da manhã porque tinha prova do BNDES – trânsito confuso, nervosismo da prova e claro a dor no coração por ter que acordar cedo num domingo. E as coisas só ficaram melhores #sóquenão… Não tinha lugar para almoçar, tive que comer no china um salgado pura gordura (para alegria do estômago da pessoa que está tentando ser mais saudável), depois do almoço uma prova discursiva, que só com muito amor no coração para superar meu real sentimento por ela.

Depois de muitas horas de prova e mais alguma esperando minha irmã acabar a prova dela, decidimos (Klara – mais uma amiga bibliotecária #vamosdominaromundo e eu) ir no cinema para a relaxada pós dia de tormente.  Ainda não consegui assistir “Os miseráveis” e a ideia era vê-lo, mas só tinha horário 11 da noite e meu corpo nem ia aguentar essa maratona. Dos disponíveis,  acabamos escolhendo pelo Hitchcock.

hitchcock_POSTER

Sinopse (adorocinema):Baseado no livro “Alfred Hitchcock And The Making Of Psycho”, este filme revela os bastidores do clássico Psicose (1960). Na época, mesmo estando no auge de sua carreira, Hitchcock não conseguiu apoio para realizar a obra, porque os estúdios não queriam investir em um pequeno filme de terror. O resultado foi uma produção independente, de baixo orçamento, que encontrou grandes dificuldades para driblar a censura e para ser distribuída nos Estados Unidos, em função das cenas de violência e nudez. Além disso, diversos obstáculos surgiram durante as filmagens, como as brigas constantes entre Hitchcock e sua esposa, Alma (Helen Mirren), os problemas de saúde do diretor e seus desentendimentos com o elenco. Contrariando todas as expectativas, “Psicose” se tornou uma referência no cinema mundial, e um dos maiores sucessos na carreira do cineasta.

Antes de mais nada preciso dizer que se fosse para escolher algo que eu realmente quisesse ver, esse filme nunca teria sido minha escolha. Gosto de comédias românticas, musicais, aventuras mentirosas… mas lá fui eu, sem protestos, porque não tínhamos muitas opções.

E vou falar, gostei muito do filme. Não entraria para minha seleção de favoritos e não sei se faria questão de ver de novo ou ter em casa. Mas realizou muito bem o papel de fechar a noite. O filme é bem envolvente, não chega a ter duas horas e fiquei com aquele sentimento de que passou muito rápido.

Para quem gosta do estilo, eu super recomendo, ou para quem gosta do Hitch.

Um breve comentário para a Helen Mireen. Como pode aquela mulher estar com tudo em cima?? Me senti um lixo que definitivamente precisa começar a cuidar do corpo!

Por hoje é só!
Beijos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s